PINTEREST

quarta-feira, 16 de março de 2016

enquanto os políticos põe fogo no país...

um pequeno cordel do patologista escrito por Paulo Saldiva

O corpo contém vários órgãos
Que exercem muitas funções
Emoldurados por um conjunto
De ossos, músculos e tendões
O todo se nutre do sangue
E do oxigênio dos pulmões
Movido pela força pulsante
De um órgão vibrante
Conhecido por coração
A quem os poetas um dia
Pela força da poesia
Atribuíram o amor e emoção
A força do pensamento
Emana do alto compartimento
No tecido cerebral
Mas onde se aloja a alma?
Por favor, não me tomem a mal
Por faltar a mim toda a arte
Para explicar essa parte
Pois como patologista
Não detectei qualquer pista
De sua localização
Procurei no corpo inteiro
Sem encontrar paradeiro
Por exclusão, vem a certeza
Que a alma permeia a inteireza
Do que temos dentro de nós
Ultrapassa o nosso abrigo
Se une com a alma do amigo
Que nos ampara quando sós

Nenhum comentário: