PINTEREST

segunda-feira, 8 de julho de 2013

Estão brincando com coisa séria

O Ministro Aluísio Mercadante veio e disse: Blá blá blá... E eu tenho que acreditar que assim vamos cuidar da saúde do Brasil. Assim, tipo a culpa toda é dos médicos e, agora, os estudantes de medicina vão ter de prestar serviço civil obrigatório. Sim, esse é o nome da coisa. Ninguém pode aceitar mais esta manobra diversionista do governo Dilma. Tudo tem limite. Ninguém pediu reforma política por plebiscito. O que as ruas pediram foi respeito, cadeia e ordem. Isso mesmo, respeito à inteligência, respeito aos cofres públicos, respeito à lei. Cadeia para os condenados, principalmente para aqueles que ainda (mesmo condenados) continuam em cargos públicos. Não adianta dizer que corrupção é crime hediondo. Isso ninguém pediu e não serve pra nada enquanto vagabundo continua no Congresso Nacional recebendo o salário engordado por todos aqueles benefícios já sabidos. Queremos ordem, ordem nas contas públicas, ordem nas tratativas do governo e ordem no uso da coisa pública, da "res pública" para podermos continuar a ser chamados de uma República.

Nenhum comentário: