PINTEREST

terça-feira, 4 de dezembro de 2012

Dezembro

Fazem anos que não passo um dezembro na ebulição do trabalho sem perspectiva de folga ou praia. Se por um lado isso me angustia, por outro acalma. Afinal, na ano passado meu dezembro foi tipo pré enfarto... Como caminhar é imperioso e, mesmo que aos trancos e barrancos, o horizonte sempre está à frente, termino o ano satisfeito com o balanço geral e certo de que o plurianual foi bem traçado e está sendo cumprido.

Nenhum comentário: