PINTEREST

quarta-feira, 31 de outubro de 2012

Luto... morreu a fonte de informação da minha juventude.

Luto é igual a semáforo. Você fica ali pensando na vida e depois segue em frente. Acho que amanhã ou, talvez, ainda por uma semana vou correr os olhos pela Banca a procura do JT. Depois a gente não procura mais. Foi assim com a Gazeta Esportiva, foi assim com o Pasquim... Ai de mim, ai de mim.
Minha vida de leitor começou com o que meu Pai não lia. Ilustrada, Caderno 2 aliás, tudo que não fosse economia ou política. Sobrou virar artista, senão arteiro. Mas o primeiro jornal que eu comprei em Banca, com o meu dinheiro, por gostar da capa, foi o JT. Depois eles melhoraram a diagramação e o jornal ficou exemplar. Saber de mim, de meu paradeiro, era ter um JT amassado, lido, relido e recortado por perto. Mas o mundo moderno atropelou o JT daquela família parada no tempo... Pena. Não tenho nada contra os Mesquita, mas esse negócio de família ter negócio de família... Já era. Cada um é cada um, mas cortar custos no que se tem de mais moderno e dinâmico não pega bem.


quinta-feira, 25 de outubro de 2012

São coisas da vida...

Assiti a um excelente filme da Mostra. Time of my life, como sempre muito mal traduzido para o português como "Paqra Sempre". O título original é "ToT Altijd" e eu não faço a mínima do que isso seja, além de uma forte referência à morte - tema central do filme. Não sabemos lidar com a morte e isso é tudo que sei desse assunto. Aliás, já gastei tempo demais da minha curta vida com isso. O filme é emocionante, apesar de não ser nada novo ou criativo. Pouco há de criatividade em se retratar doentes e doenças, principalmente as incuráveis. Levei dias para conseguir digerir o filme, menos por causa do filme e seu tema e mais por conta das nuvens negras que insistem em pairar. Terroristas: afastai! Xô! O dia de hoje foi endemoniado... kkkk. Cheguei em casa e assisti a dois dos três episódios do documentário sobre a Rita Lee... ô coisa boa. Parabéns Roberto de Oliveira. Faz qualquer um ser feliz. Vou dormir bem...

Rita Lee

sábado, 20 de outubro de 2012

tá rolando...

O lance é um só: não ficar parado. Mas hoje não deu. Os cães da vizinha me acordaram às cinco e meia da matina e, depois, o Simão ficou perturbando geral. Para quem não sabe, Simão é o titular do "Blog os Fera" mais conhecido como http://simaoogato.blogspot.com. Ficar zumbi parece ser a conseqüência natural, até porquê fui dormir tarde e a semana foi terrível. O que vale é que há exposições imperdíveis em Sampa, a começar pelos impressionistas no CCBB, passando pelos renascentistas alemães do MASP, os Esplendores do Vaticano na OCA, os trabalhos da Sarita Anne Roysen e do François Leriche na Galeria Sérgio Caribé, o Caravaggio no MASP, as releituras dos cartazes de cinema no MIS... etc e muita coisa mais, como a retrospectiva Lygia Clark ou a expo do Oswaldo Goeldi no MAM. Pirante! Tudo isso ao mesmo tempo da Mostra Internacional de Cinema. 
Para quem gosta de máquinas vem ai o Salão do automóvel que promete muita fila, mulher bonita e mané babão para, na seqüência rolar o salão da Motocicleta.
Hoje está chuvoso e esfriando. Mas amanhã nada me segura em casa, nem chuva de granizo!

ah, a preguiça...

Tanta coisa para ver, tanto lugar para ir e eu aqui, jogado e (quase) sem vontade de ir a lugar algum. Tive uma semana de puro stress e sei que uma nuvem pesada paira no ar. Se só pairasse ainda vai, mas pretende passar por onde trampo. O que sei é que a gente vai sobrevivendo. Afinal, desgraça pouca é bobagem...
Enquanto isso, a Sylvia Emanuelle Kristel decidiu que chega. Foi-se. O que ela fez no final dos anos sessenta foi diferente, novo e mudou alguns comportamentos. Tem gente que insiste em achar revolucionário, arrebatador com mudança de paradigma etc e tal. Apenas diferente. Ou será que o tempo destrói assim, tão fácilmente quebras de paradigma. Eu digo que não. Foi apenas diferente. Afinal, pratica-se sexo desde que o mundo é mundo e taras sempre houve, ou a escritora do livro que originou o filme nem teria passado da primeira página. Isso em 1959...
Bom, enquanto eu estou às voltas com meu cotidiano, minha mulher curte Canoa Quebrada. E vamo Q vamo...

quinta-feira, 18 de outubro de 2012

Onde ir?

Salão do Automóvel.... Festa da Alcachofra, Mostra Internacional de Cinema. Alguma dúvida?

domingo, 14 de outubro de 2012

Arte para cinéfilos, arte para todos...

 Barbarella - o original

Vou contar um "causo". Tudo bem: não sei contar causos... mas se vocês abstraírem, podem aproveitar. Estávamos todos na casa do Zé Alfredo, um engenheiro da SABESP, que estava nos mostrando suas fotografias gigantes. Verdadeiros quadros produzidos durante um curso lá na rua Tutóia. Coisa do tempo em que se usava ampliador, filme revelado e papel fotográfico, tudo manipulado em banheiro com vidro pintado com tinta preta. Ah, sim, os quadros. Tinha lá um bando de gente, desde atores e estudantes de teatro, diretores, leigos, iniciantes e estudantes (como eu) até os músicos da banda 14 Bis (amigos da dona da casa, mineira como eles). Um artista plástico, que à época espalhava out-doors (produzidos através de xerox) pela paulicéia, resolveu passar batom em si mesmo e depois beijou um dos "quadros" do Zé. Levou um tempo para o Zé perceber, ficou furioso pois não entendeu a intervenção e passou um pano. Não lembro se alguém registrou a cena. Acho que só a memória. 
Me lembrei disso ao ler sobre a exposição que tá rolando no MIS (Av. Europa) sobre releitura de 60 cartazes de cinema. Arte para cinéfilos, cartazistas (se isso ainda existe) e artistas em geral. Será que os autores destes cartazes sabem disso? Até onde uma "releitura" é uma invasão, um desrespeito, uma arte ou uma contribuição. A coisa toda poderá ser vista até o dia 18 deste mês. Eu só sei de uma coisa: não vou perder por nada. Afinal, alguns filmes favoritos meus estarão sendo "revisitados". Pense: um cartaz feito depois de "tudo" sobre o filme ter sido "digerido", trinta, quarenta anos depois, pretensamente "relendo" um cartaz feito "antes" do filme ser lançado. No mínimo interessante. Aproveito para recomendar a leitura de "O Cartaz" de Abraham Moles da Ed. Perspectiva (Coleção Debates).

Laranja mecânica - a releitura

sábado, 13 de outubro de 2012

senta e espera... a segunda-feira chegar

Então tá: agora deu!
 Feriado que prolonga final de semana deveria ser proibido de chover e fazer frio. KaR&¨***&@#$K!

sexta-feira, 12 de outubro de 2012

de S... cheio

Enquanto meu time afunda para a segunda divisão numa velocidade de dobra espacial, eu gasto meus dias. Gasto meus dias é realmente o modo mais descritivo de dizer. Se não fosse eu ter resolvido ir de moto pra sampa, fora o trabalho (que rende remuneração) nada se aproveitaria do meu dia, das cinco da manhã até às 11 da noite. Afinal, não se pode esperar do ser humano energia e disposição (com humor de quem está de férias no caribe) depois de seis horas de transporte público diário. Com a moto isso diminui para três e eu certamente chego mais zen... Mas, no momento, não fosse meu novo aparelho de Blu-Ray e a companhia do gato Simão, novamente nada se aproveitava. Minha mulher está de férias... Hoje entrei para um consórcio, uma experiência que não repito há exatos trinta anos. Naquela época, além de meter os pés pelas mãos, meti os pés pelas mãos. Desta feita, porém, acredito que chegarei ao final da empreitada com sucesso. Estava ouvindo Made in Brazil. Agora está tocando YES. Como é bom um feriado de quando em vez. Melhor seria se estivesse acompanhado. Tem exposições ótimas em sampa. Gladys ligou. Estão em Jória fazendo churrasco. Um feriado a cada quinze dias. Bom. Simão está um grude. Minha mãe ligou pois vendeu uma mesa de bilhar... Ou foi o triturador de cana? Ambos. Estou de saco cheio, vou comer sushi...

sábado, 6 de outubro de 2012

Mostra 2012: arrepia São Paulo!


arrepia! Arrepia! o MELHOR DO ANO está às portas: A Mostra anunciou sua programação 2012!! Todos ao endereço eletrônico para conferir tudo. Eu vou na Central comprar meu catálogo, assim que possível. Vou a tantos filmes quantos puder e vou logo adiantando que a cópia restaurada de "Nosferatu" com orquestra ao vivo ao ar livre É IMPERDÍVEL!