PINTEREST

segunda-feira, 9 de julho de 2012

1932 - 80 anos

Lá se vão oitenta anos da Guerra Civil brasileira. Naquele ano os paulistas se sublevaram, financiados pela oligarquia que acabara de perder o poder para a Revolução de 30, para mostrar ao país que ali (na Revolução de 30) estava a se desenhar uma ditadura. Poucos acreditaram no primeiro momento mas, depois, quando a farça da constituição de 34 ruiu, os brasilieros levaram oito anos para dar fim a uma ditadura sangrenta, cruel e de métodos nazistas. Getúlio acabaria voltando pelo voto popular em 1950, mas isto é outra História. A Revolução Constitucionalista de 32 forjou heróis, forjou uma indústria nova e mostrou a criatividade e a capacidade de organização de um povo ante a necessidade. 
Durante a ditadura militar (1964-1985) a data de nove de julho não era comemorada, apesar do obelisco do Ibirapuera e da Av. 23 de Maio não nos permitirem o esquecimento. Afinal, uma ditadura não ia querer que o povo se lembrasse de que era possível de ser combatida. Logo após a democratização, o nove de julho voltou a ser feriado estadual e é com muita honra que lembramos desta data e de seus heróis.

"O inimigo aqui não transita"
 

Um comentário:

MA FERREIRA disse...

Ola!

Obrigada por nos fazer lembrar um pouco da nossa história!

semana de luz a vc..bjs...