PINTEREST

sexta-feira, 8 de junho de 2012

uma história bem contada

Em inglês recebeu o nome de "The burning Plain" e em português o exelente filme de Guillermo Arriaga (com Charlize Terron e Kim Bassinger) acabou se chamando "Vidas que se cruzam". Este filme deveria ser obrigatório para roteiristas e todos aqueles que pretendem contar bem uma história. É daquelas películas em que, a princípio, você não sabe do que se trata de tanto personagem perdido desfilando inconsistências. aos poucos você percebe que estão te contando uma história simples, de amor adolescente, que se arrasta pela vida com suas culpas e medos. As assombrações do passado, os medos, tudo isso se esvai diante do amor. Como gostamos de histórias de amor... mas se tiver tragédia no meio, talvez dê tempero. Uma pimentinha não faz mal a ninguém. Já sob o ponto de vista moral e até penal, este filme se permite ser politicamente incorreto. Palmas para ele. A vida é assim.


Nenhum comentário: