PINTEREST

terça-feira, 15 de maio de 2012

Dando voltas...

As voltas que o mundo dá... ou foi um filme que eu vi? Eu vi 50/50 de Jonathan Levine que foi baseado em uma história real. Deu para sorir e chorar, exatamente como na vida do lado de cá da telinha. Doenças fatais costumam dar bons filmes desde Love Story de Arthur Hiller (1970). Já na vida real, este tipo de "coisa" só dá raiva. Veja o caso de Christiane Riera. E agora? Na FOLHA, Cao Hamburger escreveu: "E se não tivesse nos deixado tão jovem, o que teria inventado em teatro, literatura, cinema, televisão, como professora, ou qualquer outra área que escolhesse?" Life is tuqo que você quiser, menos fair... Puro acaso.

Nenhum comentário: