PINTEREST

quarta-feira, 29 de fevereiro de 2012

Afff!

É brincadeira: enquanto o MP pretende processar um dicionário por conta do que diz o verbete "cigano", um conhecido "antigo compositor baiano" precisa processar uma construtora baiana que quer ver o Divino encontrar-se com o Maravilhoso. Viro a página e o Gilberto Diemenstein acha que pode dar pitacos na eleição da OAB. O que é isso? Não é falta do que fazer. Certamente que não. Falta do que fazer é o que resultou na foto que ilustra a matéria... E não venha me perguntar em qual Subsecção da OAB eu vi isso... E eu ainda leio jornal.

Nenhum comentário: