PINTEREST

sábado, 10 de dezembro de 2011

selvagens jujubas mecatrônicas

Como será o mundo amanhã? Não neste domingo, por óbvio, mas dentro de 50 anos... Outro dia vi um filme cujo título é "Things to come" (Daqui a cem anos) do William Cameron Menzies. Baseado em texto de H.G. Wells, este filme acaba prevendo um futuro sombrio de doenças e guerras. Detalhe: o filme é de 1936... Agora, se acrescentarmos um pouco de Eric Hobsbawm vemos que os dirigentes do mundo atual nasceram pouco depois da segunda Guerra Mundial e foram criados por mães do início do século passado. Daí, a pergunta que ele coloca de que "nós não vivemos mais no século XX, mas quanto do século XX ainda vive em nós?" Certo, tudo bem, não é tão simples assim, mas isso quer dizer apenas que qualquer previsão será feita com os paradigmas atuais. Pense lateralmente, rompa seus paradigmas e pense em assistir a final do mundial da Russia... no Pacaembu. Sim, por transmissão holográfica. Por quê não?! Mas, por favor, pare de alimentar seu filho com enlatados, sejam da Sadia ou da Globo.