PINTEREST

domingo, 31 de julho de 2011

Festas de Agosto

Começaram as Festas de Agosto na Pacata Vila dos Tempos do Império. Hoje foi o desfile dos carros de lenha, da Banda, dos violeiros e da história de São Roque, nosso Santo padroeiro. Pois vai lá... muito bom. Eu gosto, mas 15 dias de festa é um exagêro de matar a pau. Colocam a barraca do padre vender pastel no meio da rua e durante uma quinzena o trânsito embaça. É dose pra leão. Só vendem porcaria, só tem show de segunda. Um horror. Mas o desfile é bonito. A Procissão no encerramento, aniversário da cidade (16/08), é grandiosa e bela, com as ruas ornadas com desenhos e flores. E assim prossegue a vida na Pacata Vila.









Só tem um detalhe: o povo podia aprender a não jogar lixo no chão. Coisa feia. Tinha Gari pra todo lado, tinha lixeira e, mesmo assim, o saldo neste quesito (educação e civismo) é bastante negativo.

 No primeiro caso, o cidadão tinha acabado com seu copo de vinho e o deixou cair, como que por "descuido". No segundo, depois de tomar toda a cerveja, o cavaleiro simplesmente arremessou a lata ao chão. Sem nem ligar para o fato de ser observado por muitos... triste. Muito triste.