PINTEREST

sexta-feira, 1 de abril de 2011

1º de Abril e a USP

No ano passado fiz um post no dia 31 de março sobre a chamada revolução de 64. Muitos reclamaram, dizendo que a mesma aconteceu, na realidade, em primeiro de abril. Ora pois, os militares não iam assumir como data comemorativa daquela ditadura o dia da mentira. (uma mentira que durou 20 anos, diga-se). Dai, portanto, decidirem por assumir como o dia 31 a data do levante, por ter sido naquele dia que bateram o martelo para iniciar o movimento de tropas na madrugada seguinte. 
Esse negócio rendeu, mas rendeu tanto que os alunos da USP passaram o dia de hoje (2011) protestando contra aquele movimento (1964-1985). Acredite se quiser.
A USP é muito produtiva. Todos os seus segmentos são. Veja o último número do "Jornal da USP". Eles resolveram falar da Amazônia e fizeram uma bela matéria, amplamente ilustrada com fotos. Uma delas me chamou muita atenção, por se tratar de uma das fotos de um dos temas do Windows 7. No sítio do Jornal você encontra a seguinte introdução: "O Jornal da USP, com periodicidade semanal e uma tiragem de 20 mil exemplares, é um dos mais eficientes e conhecidos veículos de informação para a comunidade interna da Universidade. É, também, um importante meio em que a USP mostra à sociedade as produções científicas e culturais originadas nos seus seis campi". Acredite se quiser.
Detalhe: se você clicar na foto para ampliar, verá que o crédito dado é "divulgação". Tio Bill deve amar este tipo de pirataria light...