PINTEREST

quarta-feira, 30 de março de 2011

Que dia!

Começou assim: acordei de madrugada para em jejum ir tirar sangue. Só isso já detonava meu dia fácil. Mas era pouco. Logo depois tive de correr em uma esteira num tal de teste ergométrigo de esforço. Bah! Imagine você que nada disso se compara a deixar seu celular em casa. Me senti um Neandertal. Pode acreditar. Cheguei a ter calafrios em pensar no aparelho sobre o criado mudo sendo observado pelo gato a cada chamada não atendida. Depois acalmei e me internei em uma biblioteca para fazer uma pesquisa que estava na fila fazia tempo. Mais de quinhentas páginas fotografadas e um livro fichado. E ainda deu tempo pra almoçar. Penso seriamente em deixar esse aparelho para trás vez por outra, afinal cheguei a me sentir em férias por algumas horas. Hoje não levei nem o Lap. Foi muito interessante. Aliás, eu recomendo.

PS: hoje foi o velório do Zé. Grande figura. Só não entendi a homenagem da Câmara Federal que suspendeu as votações por uma semana. Não teria sido melhor homenageá-lo trabalhando? Logo o Zé?!