PINTEREST

segunda-feira, 28 de fevereiro de 2011

As Verbas, o Orçamento e a Companheira de armas do José Dirceu

Então... a Dilma ganhou a eleição...
Logo nos primeiros meses de seu governo o que nós podemos apreciar são o Salário Mínimo pífio e os cortes no orçamento. O desavisado diria que este é um governo sério, pois não?! Gastou demasiado para eleger o sucessor e agora precisa conter-se. Qualquer Pai de família que se excedeu nas festas do final do ano, sabe do que falo. 
Mas a verdade é que esta senhora está cortando fundo e doloroso na EDUCAÇÃO, no Minha Casa Minha Vida, nos Esportes e na Defesa. Pra que estas coisas, não é mesmo? Com Educação o sujeito qualifica-se melhor para a vida, deixa de ser analfabeto funcional e, portanto, aprende a entender o que lê. Assim, ele aprende a não votar na Dilma e no Tiririca e isso não é bom. Estamos às portas de uma Copa do Mundo e de uma Olimpíada, portanto não há necessidade de verba nos esportes. Pra quê verba, se vamos pagar mico de qualquer maneira? Defesa? Defender o quê, não é mesmo? As únicas pessoas que ficam passeando na fronteira pra lá e pra cá são inocentes companheiros guerrilheiros e seus amigos traficantes. E o minha casa, ora quem tem... tem e pronto. Pode cortar! Ah, mas cuidado pra não cortar as verbas dos Cartões Corporativos, das campanhas publicitárias e dos jetons. Vamos com calma.