PINTEREST

quarta-feira, 2 de fevereiro de 2011

Dia Dois

Dois de fevereiro de dois mil e onze. Aqui dia de Iemanjá, pé na areia, perfume e flor. Mais acolá, dia de botar fogo no Museu, de destruir quatro, cinco mil anos de História. E eu achei certo os Ingleses devolverem as coisas para o Cairo... Afinal cada um sabe melhor como não cuidar de suas coisas. Vide o Instituto Butantã... 

Amanhã é o vigésimo quarto aniversário do meu caçula e isso dá um certo frio na barriga, uma ou outra ruga a mais na cara, mas o que importa é poder lhe desejar muita felicidade e que Deus lhe conserve a saúde e a alegria de viver.