PINTEREST

sábado, 22 de janeiro de 2011

Babá de Pedreiro...

Eu fico pensando porquê gastei vinte anos da minha vida fazendo isso? Nunca saberei a resposta, nem mesmo se viver mais duzentos anos como Beto Guedes. Mas, enfim... Passei meu dia como babá de pedreiro. Como tenho alguma experiência e nos últimos anos fui adepto de um canteiro de obras limpo, comecei municiado com uma vassoura. Além de varrer quase que o tempo todo, evitei que uma porta de lata vagabunda estourasse minha porta nova de Blindex, além de cuidar do entulho e outros objetos pelo caminho. Um estorvo. Fato é que inicio meu ano removendo uma abertura inútil, uma porta que sempre esteve trancada e de nada servia se aberta fosse. Bad Carma, diria Kramer - o vizinho do Seinfeld. Esta pequena reforma me obriga, depois, a chamar o pintor e a dar ares novos ao meu ambiente de trabalho. Tudo isso é apenas o início de uma reforma maior que dentro de trinta dias fará surgir um modesto espaço de debates, fruição de idéias e ideais, além de semear o congraçamento em saraus mais do que democráticos. Todos, desde já, devem se considerar convidados.