PINTEREST

quinta-feira, 15 de setembro de 2011

Viu no que deu, Faustão?

Foi só o brasileiro ter sido apresentado a um veículo completo e muito mais barato, que a ANFAVEA botou as manguinhas de fora, abraçou a "rapeize" do PT e foram passear no bosque das obscuridades e do protecionismo. Ai, ai... e o imposto aumentou em 30 pontos, tipo de sete para trinta e sete. Uma graça. Com este protecionismo idiota a industria nacional deita e rola, além de continuar a fornecer porcaria. Durante quantos anos precisamos engolir lixo com nome de computador? Para quê? Para fomentar a indústria nacional. Durante quantos anos nossos carros saíram de fábrica sem os mínimos equipamentos de segurança? Para quê? Para que a industria instalada por aqui (que de nacional não tem nada) se fartasse de lucros. Agora, vem esta mesma gente, disfarçada de cordeiro, dar uma de santo, afirmando proteger empregos e coisa e tal. Venderam o peixe direitinho e o PT comprou. A FIESP não é flor que se cheire, nem nunca foi. Seus membros pensam da manhã até à noite em como aumentar lucros, engavetar iniciativas populares, postergar melhorias e esticar ao máximo o uso de tecnologias e equipamentos ultrapassados. Tudo com juros menores e salários idem. É claro que uma vez que o pessoal do Governo escutou o canto da sereia de "mais imposto", entrou em polvorosa. Aumentar imposto é tudo que eles querem. Quanto mais a gente trabalha, mais vagabundo passa a mão. Viu Faustão, no que deu fazer propaganda de carro mais barato? Viu?

Nenhum comentário: