PINTEREST

sexta-feira, 16 de setembro de 2011

"Crônica de um verão"

"Paris, verão de 1960. O cineasta e etnólogo Jean Rouch, acompanhado do sociólogo Edgar Morin, leva a câmera às ruas para colher respostas à seguinte pergunta: "Você é feliz?" O que tem início com uma simples enquete logo se transforma num ambicioso e imprevisível retrato de um grupo heterogêneo de estudantes, operários e imigrantes que expôem seu cotidiano, suas dúvidas e angústias, suas concepções sobre a política e a vida. Em seguida, os realizadores registram as reações deles à projeção do material filmado, momento em que as fronteiras entre verdade e ficção são postas em crise. Unindo o método de Flaherty às teorias de Vertov, este filme-ensaio-manifesto inaugura o cinema-verdade. Com equipamentos leves e portáteis (tecnologia que o próprio Rouch ajudou a desenvolver), os cineastas promovem uma transformação radical nas práticas cinematográficas da época. O cinema nunca mais foi o mesmo."
Este filme ganhou o Prêmio da Crítica em Cannes 1961e depois que você assiste esta magnífica produção - que vem em uma caixa muito bem elaborada com o filme e um encarte de textos - apresentada pela Coleção Videofilmes (n.º 16), você se pergunta: e o que tenho feito da minha vida?

Nenhum comentário: