PINTEREST

terça-feira, 28 de junho de 2011

Tempos de sopa

Aqui na Pacata Vila dos Tempos do Império, esta noite, fez um grau negativo. Isso mesmo, menos um. E não é brincadeira de "resta-um" não, pois não fica ninguém. Morador de rua então, eu não sei aonde se enfia. Menos um, não é brincadeira. Conversa natural, então... é sopa. E vai ter sopa na OAB. Sopa Húngara, e todos estão convidados. E o Abílio se entendeu com o Carrefour... finalmente. Ou seria melhor dizer, ele papou o Carrefour? Só não gostei que isso vai acontecer com grana do BNDES. Muita grana do BNDES. Afinal... dinheiro de Banco de fomento do Estado, que poderia financiar muitos empreendimentos e não ser concentrado na mão de um só. Mas, cada um que pense como quiser e bem entender. Como eu já havia dito, são tempos de sopa.

imagem: www6.cptec.inpe.br 

Nenhum comentário: