PINTEREST

terça-feira, 7 de junho de 2011

"5 x Favela - Agora Por Nós Mesmos" e "Um lugar ao sol"

Taí um filme produzido por Cacá Diegues e Renata de Almeida Magalhães, que TODOS deveriam ver. Alguém, com muita propriedade, disse "conhece-te a ti mesmo" e é isso que todos deveriam fazer. Nesse caso como sociedade, como brasileiro, um ser político e social. Não é propaganda fácil, filme piégas, nem refaz o original de 1962 -  "5 x Favela" , obra do catequizador Centro Popular de Cultura (por isso o "agora por nós mesmos"). Sobre esse filme, Plínio Fraga escreveu na FOLHA:
"Um filme passado em favela no qual aguarda-se uma hora até que seja ouvido um tiro; "5 x Favela - Agora por Nós Mesmos" é uma obra múltipla do nome à produção --fruto de trabalho coletivo de mais de duas centenas de moradores de favelas do Rio. É múltiplo porque escrito por oficinas de roteiro em comunidades carentes, mas principalmente por expor personagens a facetas variadas, na contramão do mercado, do senso comum e da divisão social estabelecida".
E ai, ai tem aquele "povo" que reclama que “o cinema brasileiro só mostra favela, miséria, e mulher pelada”? Pois bem. Para provar que esta ladainha não tem sentido, o diretor Gabriel Mascaro coloca nas telas um pedaço da classe dominante no filme "Um lugar ao sol", no qual retrata o seleto universo dos moradores de coberturas de prédios "classe A" das cidades de Recife, Rio de Janeiro e São Paulo. Nada a ver com o excelente "Edifíco Master" do Eduardo Coutinho", mas isto fica para uma outra vez.

6 comentários:

Simone Audrei disse...

Caro amigo, não é que eu reclame que o cinema brasileiro só mostre favela, miséria e mulher pelada, mas penso que deveríamos também enaltecer o qu temos de bom. Afinal, nosso país tem muita gente de valor, inteligente, trabalhadora e honesta e temos belezas naturais exuberantes dignas de serem exploradas e divulgadas.
O Brasil não é só desgraça, drogas, tráfico, pobreza, assaltos, prostituição ... isso tem em todo lugar do mundo. Os Estados Unidos , por exemplo em seus filmes sempre engrandece o país e o povo, mostrando quase sempre o lado positivo, nobre, patriota.
Por que nós precisamos passar só a imagem de pobres, incultos, vagabundos. ladrões, corruptos?
Fazer do cinema uma vitrina para denigrir ainda mais a imagem ruim que já temos lá fora? Tem muita gente que ainda pensa que vai encontrar índios pelados canibais
andando livremente aqui, ou mulheres nuas pelas nas ruas diariamente a sambar. Precisamos é mostrar nossa realidade com todas as suas versões.
Abraço

TARDE disse...

Cara leitora;
Agradeço imensamente o seu comentário e quero acrescentar que eu tenho visto ótimos filmes brasileiros, um atrás do outro. Já falei de vários aqui e penso em fazer uma postagem reunindo os mais queridos.
Mas concordo com suas palavras, pois precisamos aprender a enaltecer os nossos episódios históricos e a nossa cultura, além das exuberantes paisagens. Abs

Simone Audrei disse...

Acho uma excelente idéia, adoro ler comentários sobre filmes e livros, a opinião de outras pessoas é sempre muito importante.
Quanto a qualidade dos filmes brasileiros, acho que realmente estão cada vez melhores, não se atendo só aquelas velhos clichês e diversificando bastante o conteúdo. Acho isso sensacional! Um dos meus filmes brasileiros preferidos é "Deus é brasileiro", já assisti várias vezes, acho ótimo!

Terráqueo disse...

Tarde, acho o nível técnico e a cratividade do cinema brasileiro extraordinários. Por outro lado, acho que 99% dos filmes são o mais puro baixo-astral, com honrosas exceções. Quando o Brasil vai conseguir mostrar o Brasil da classe média, que também trabalha, se apaixona e sofre. Precisa retratar só a marginalidade? Por que não fazem como o cinema francês que mostra histórias de pessoas, que poderiam acontecer em qualquer lugar no mundo? Tentei lembrar os últimos filmes brasileiros que realmente amei e não era uma tristeza só, e apenas me ocorreram "Amores Possíveis" e "Divan". O resto ou é muito triste, ou escrachado. Gostaria de ver algo no meio termo. Abs.

Gladys Ferreira disse...

"5 X favela" me surpreendeu e digo porque, pois quase desistia de assistir aos primeiros minutos. Pois bem, o filme retrata em 5 histórias, acontecimentos e situações absolutamente fora do contexto "violêncianudezcarnaval". São histórias humanas que poderiam acontecer com qualquer com qualquer pessoa no mundo! Ou seja,são histórias universais. Obviamente a formatação, os elementos, paisagens e cultura mudariam conforme suas peculiaridades. Enfim, o filme é espetacular! ótimo post Tardes. beijo!

TARDE disse...

Obrigado a todos pela participação e contribuição. Essa conversa vai render...