PINTEREST

domingo, 27 de março de 2011

Dia Mundial do Teatro

Hoje é o dia Mundial do teatro. Para não deixar a data passar em branco, fomos ver a última apresentação de Cândida de Bernard Shaw, com Bia Seidl e Sérgio Mastropasqua além de grande elenco. A peça, que esteve mais de dois anos em cartaz, retrata as faces do universo masculino manipuladas pela mulher. O fraco de alma, realizado profissionalmente e o poeta de alma forte não tão bem sucedido, disputando as atenções e o amor de uma mesma mulher. Mulher que manipula ambos, na medida em que pretende o bem estar proporcionado por um e o frescor da juventude oferecido pelo outro. Ninguém melhor do que Bernard Shaw, com sua inteligência e perspicácia, para se comemorar uma data como esta.



Data que, aliás, teve o centésimo gol teatral de Rogério (algo que já vinha no nome) e a devolução da liderança isolada do campeonato Paulista ao seu verdadeiro detentor: Luis Felipe! Três vivas!


Depois eu fui tomar um "Five Dolar Shake" do Pulp Fiction e acabei pagando six no pior atendimento de que se tem notícia. Nunca mais. Essa Dona Deôla está decaindo a cada dia mais. Ou esses atendentes passam por reciclagem, aprendem a servir direito ou esse negócio vai perder freguês. Já perdeu o padrão de qualidade no produto e, agora, resolveu atender mal... tsc tsc tsc Vaja você: uma hora o milk shake vem num tipo e tamanho de copo, outra hora em outro. Um dia a pizza é de um jeito, noutro dia de outro. Sanduiches e salgados... nem vou falar. Aprendam com a padaria da Haddock Lobo e Estados Unidos ou com o Suplicy Café. Não custa nada atender bem.

Nenhum comentário: