PINTEREST

terça-feira, 11 de janeiro de 2011

Upa Upa, Ula - lá!

A julgar pelas primeiras horas do ano, o resto estava com cartaz de piores momentos da vida. Mas, ao longo dos dias, com o passar das horas, as melhoras foram significativas. Assim que cheguei para trabalhar encontrei as agendas "Poesias e Pensamentos" da All Print Editora me esperando e a edição dos Melhores Contos de 2010 para a qual meu trabalho foi votado por um misto de juri e contribuição do público pela internet. As coisas parecem se acomodar, como um samba do crioulo doido levado a cabo pelo sentinela da Guarda da Rainha em Buckingham (se é que me entendem). Eu ainda acho legal colecionar isqueiros e cinzeiros, mesmo tendo parado de fumar há mais de ano e meio. Possuo um aquário seco (e digo que isso é possível, pois o vejo todos os dias) no qual coloco pedras de todos os lugares em que vou. E as idéias fluem como caranguejo nas ondas que lambem a areia, num vai e vem infinito. Minha inquilina que lia Tarô se foi e agora já posso colocar o lugar de pernas para o ar. Que venham os Pedreiros! Com a graça de Deus, a eficiência do Bit Torrent (mesmo com os problemas do Miro)  e a magnanimidade de sua Excelência o Senhor Doutor Juiz, talvez já neste semestre possamos inaugurar nosso tão sonhado Cine Clube que será batizado de Cine Clube "A. Carvalhaes" (que foi um dos maiores pesquisadores brasileiros da comédia cinematográfica, reunindo um valioso acervo de obra-primas, de gênios como Charlie Chaplin, Buster Keaton, Harold Lloyd, Bem Turpin, Harry Langdon, Mabel Normand e Laurel & Hardy). Falecido em 1979, deixou grandes contribuições pelo Brasil afora e foi decisivo para que eu gostasse de Cinema (com "C" maiúsculo) ao ministrar um curso ao longo do ano de 1975 todas às quartas-feiras. Ao mesmo tempo, entrementes e sem cerimônia, vendemos ... Quer comprar?

Nenhum comentário: