PINTEREST

domingo, 28 de novembro de 2010

Real Fábrica de Ferro de Ipanema

A Real Fábrica de Ferro de Ipanema foi reconhecida internacionalmente como berço da siderurgia brasileira e situa-se no Município de Iperó, na região de Sorocaba/SP. Esta foi uma aventura que começou no ano de 1589, quando Affonso Sardinha e seu filho descobriram minério de ferro na região. Tentou-se fundir ferro naquele local na base da tentativa e erro em várias ocasiões como 1601 a 1615 ou 1680 e até 1799. No início do século XIX, com D. João VI no poder e o Reino Unido de Portugal, Brasil e Algarve estabelecido Martim Francisco de Andrada faz nova tentativa, sucedida por Frederico Guilherme Varnhagen que constrói dois altos fornos e consegue assim a "primeira corrida de ferro" (ferro liquefeito). A empreita revela-se altamente proveitosa chegando a produzir duas toneladas de ferro por dia até 1895 quando o estabelecimento é desativado pela recém empossada República. Mais tarde, já sob o comando do Exército o local volta a produzir, inclusive com a construção de fornos de carvão inaugurados em 1913 com a presença do então Minsitro do Exército e também o Comandante da Segunda Região Militar. Dos Altos Fornos da Real Fábrica de Ferro de Ipanema sairam armas e munições para a Revolta Liberal , para a Guerra do Paraguai e todos os artigos necessários ao Brasil do século XIX, de panelas de ferro a engenhos de açúcar e café, gradis, etc., com artigos premiados em feiras nacionais e internacionais.
No próximo mês de dezembro iniciam-se as comemorações pelo 200 anos da Real Fábrica, sendo que
no sábado, dia 4, o evento comemorativo do bicentenário de fundação da Real Fábrica de Ferro São João de Ipanema será aberto às 9h, no auditório, com palestra do diretor do Departamento do Patrimônio Material e Fiscalização do Instituto do Patrimônio Histórico e Arquitetônico Nacional (Iphan), arquiteto Dalmo Vieira Filho. Ele abordará ‘As perspectivas de restauro do conjunto de prédios do sítio histórico‘.
Às 10h, acontecerá o lançamento do livro ‘Subsídios para a história do Ipanema‘, seguida de homenagens a personalidades, pesquisadores e estudiosos da importância histórica, cultural, econômica e turística da Floresta Nacional de Ipanema (Flona), no contexto regional, estadual e nacional. Às 11h, na Casa do Administrador, será inaugurada a exposição ‘200 anos da Real Fábrica de Ferro São João de Ipanema‘, com o descerramento da placa comemorativa. Em seguida, será feita uma visita à Serraria e à Casa das Armas Brancas.
Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (15) 3266-9099 e e-mail: flonadipanema@ig.com.br.
INFO: Folheto da Unidade de Conservação Federal do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade - ICMBio e Jornal Cruzeiro do Sul
FOTOS do local, no local por Carlos Kogl