PINTEREST

sábado, 27 de novembro de 2010

se há o que comemorar, esqueceram de me dizer...

Você veja como são as coisas... tremendo sabado de sol e eu enfiado numa sala de aula, sendo overloaded com certificação digital e o aniversariante do dia morto. Hendrix faria hoje 68 anos. Nada como comemorar ao som de "Machine Gun", como aliás, lá no Rio estão fazendo. Cariocas que, por sinal, resolveram declarar aberta a temporada de Guerra Civil, talvez em preparação à posse da "Guerrilheira Manequim, ai de mim" como já vaticinava um "antigo compositor baiano que me dizia: tudo é divino, tudo é maravilhoso". É isso, início do verão, festas de fim de ano, festas de começo de ano. Eu não me conformo. EU me recuso ao conformismo, "eu subo, eu desço, paz e amor, xuxu beleza... eu vou mais é me afundar na Lingerie!"
Ao menos, na hora do almoço, me senti em Paris... passeando na Praça Antônio Prado 
depois de ter comido no Largo do Café.