PINTEREST

segunda-feira, 27 de setembro de 2010

AMERICA, CHICAGO, CLUBE URBANO e outras cossitas más...

Eu não estou aqui pra fazer propaganda pra ninguém que não me pague, mas desta vez vou abrir uma exceção. Trata-se do tal do Clube Urbano que faz parte da nova febre da internet. Você se associa gratuitamente e recebe por e-mail diversas ofertas que têm tempo limitado e número máximo de pessoas ou objetos. Confuso? Pode acreditar que é, mas funciona. Aonde é que "eles" ganham eu não sei nem quero saber. Só sei que é muito bom participar. Eu já estou em dois destes, mais precisamente o "Clube Urbano" e o "BrandsClub". Um me proporciona ofertas com descontos estupefacientes em entretendimento e alimentação e o outro me permite a aquisição de produtos caros, de marcas boas, com descontões absurdos. Contempla as maiores cidades brasileiras no quesito Também quero.
Pois foi numa dessas que eu assisti neste domingo ao show do América e do Chicago (duas bandas) com mais de 40% de desconto. Foi no ginásio do Ibirapuera das sete e meia às onze e tanto. UAU!!! Absolutamente espetacular e pagando pouco!! Ta esperando o quê?? Clica nos nomes e faça seu cadastro.




PS: se quiserem me agraciar com propaganda paga, não tenho nada contra, mas é que coisa boa a gente espalha, conta pra todo mundo. Não sou desses que retém informação, nunca fui.

PS2: Hoje associou-se aqui o centésimo seguidor. Aplauso gente, aplauso!!!

Zé Celso na Bienal



E Zé Celso Martinez Corrêa, devidamente indenizado pela ditacuja, foi fazer uma performance na Bienal de São Paulo... neste domingo tido como chuvoso... Bienal especial, diga-se.
Bienal de 6 terreiros, dois urubus, de dois ataques (até agora) e nenhuma defesa...
Bienal com dois urubus engaiolados e assustados com o barulho, as pessoas e o movimento. Isso não é arte. Pode ser provocação, pode até gerar reflexão, ruptura e movimento. Mas, definitivamente, não é arte.
E depois, vem a reclamação, de que foi invadido, pixado, xingado, chutado...
Ah, mas tem uma rapaziada entusiasmada por lá, todos de verde e devidamente identificados por crachá, como o Paulo Delgado, que fazem visitas monitoradas, guiadas e didaticamente interessantes. Eles dão um certo sentido ao caos.

"INVASOR" e "LIBERTEM OS URUBU" são as palavras de ordem!

PS: Se quer fotos da coisa toda, vá lá e faça as suas ou compre um catálogo, tipo mais de noventa reais. É muita coisa legal e muita outra coisa, nem tão legal assim. Só vendo pessoalmente. Não adiante fazer busca no google, do tipo "resumo da bienal" ou "fotos da bienal"... ou ainda "redação sobre a bienal de são paulo". Vai por mim, os professores também tem internet.

PS2: Eu vou voltar várias vezes. Isso vai até dezembro, com ou sem spray.