PINTEREST

quinta-feira, 23 de setembro de 2010

Trópico de Capricórnio

Ai eu vejo estas coisas e fico pensando nas aulas de geografia lá do Prof. Araújo e seu imenso bigode a flutuar pela sala de aula. Acho que o bigode dele nem era tão grande assim, a gente é que era pequeno e olhava de baixo pra cima. E o tal Trópico continua a ser um risco na placa, que não é mais lousa, algo que não existe mas insiste em ser. Afinal, ganhou até placa. Pensando bem, até gol tem placa e não passa de algo nacional, às vezes só interessando a uma torcida de um determinado time. E essa linha então, que dá a volta no Globo... muito mais importante.