PINTEREST

quinta-feira, 16 de setembro de 2010

PEDRO E OS LOBOS

De João Roberto Laque, jornalista também formado em História, que depois de minuciosa pesquisa e horas de depoimentos (dentre outros com Darcy Rodrigues e Carlos Pittoli) conta a louca vida de Pedro Lobo misturada em um relato desconcertante da Ditadura Militar que se instalou entre nós em 1964.
Pedro Lobo, decidido a melhorar de vida, abandona sua terra natal na Serra do Mar e acaba Sargento da Força Pública (hoje Polícia Militar). Depois de exonerado pelo Ato Institucional número 1, transforma-se em um dos mais ativos guerrilheiros daqueles dias. Após ser torturado e banido do país, passa por Argélia e Cuba antes de fixar-se na antiga Alemanha Oriental (DDR). Com a Anistia em 1979, Pedro Lobo retorna ao país e é reintegrado à PM e hoje desfruta da reserva como Oficial.
Para quem leu os quatro livros de Elio Gaspari, mais os Carbonários de Alfredo Sirkis ou o livro do Gabeira (dentre muitos outros), este livro de João Roberto é complemento obrigatório no deslinde de uma época.