PINTEREST

quarta-feira, 28 de julho de 2010

HERMENÊUTICA ICONOCLASTA ou como assar cinema e livros numa caneca

UAU! Aprendemos a fazer cupcake... coisa mais fácil do mundo. Depois de pegar uma caneca, coloque dentro: um ovo, 4 colheres de sopa de leite, 3 de óleo, 4 de farinha, 3 de nescau, 4 de açúcar, uma pitada de fermento. Mexeu bem? Pois mexa... 2 minutos de microondas, se a tempestade não queimou o seu, ou 20 minutinhos de forno elétrico. No gás a gente não testou. Só não pode ficar abrindo a porta para olhar. OK? Pois então, comer bolo assim, na caneca, é até legal. O que não é legal, mas nada mesmo, foi descobrir que o número de livrarias no Nordeste diminuiu. Por lá tinha 20 % das livrarias do país e agora só tem 12%. O Sudeste que tem 42% da população do país hoje ostenta 56% das livrarias (antes tinha 53). O que eu não entendo é que se 28% dos brasileiros vive no Nordeste, porquê só tem 12% das livrarias... O que dizer então do fato de que em 25 anos o país perdeu dois terços das suas salas de cinema (quando neste mesmo período a população praticamente dobrou). Isto não fica impune, mesmo com os investimentos maciços de hoje, no Brasil cerca de 90% dos Municípios não tem uma sala de exibição, nem mesmo um simples cine clube. Conhece o mapa da distribuição de renda? Natural que nele você leia o mapa das salas de cinema e das livrarias. Uma vez que os sucessivos governos abandonaram a cultura à sua própria sorte, ao sabor dos ventos do mercado... nada mais natural que estes segmentos buscassem sua sobrevida numa curva de resultados favoráveis, ou não? Sobrou ao povo a Tv, a novela e a Ana Maria com seu quadro de culinária. Cupcake é cultura!

LAMPIÃO e MARIA BONITA

Para aqueles que pensam que Cangaço tem glamour, para aqueles que no dia de hoje (28/07) comparecerem à Missa em homenagem a Lampião e Maria Bonita, recomendo sem sombra de dúvida que se interem dos fatos. "Chuva de balas no país de Mossoró" é um começo, mas certamente "Guerreiros do Sol" de Frederico Pernambucano de Mello é uma boa dose de esclarecimento. Estas pessoas não hesitavam em matar, marcar a ferro o rosto das moças, saquear e estuprar. Não há nenhum glamour na violência ou no banditismo, seja do Cangaço, Bonnie & Clyde ou do Comando Vermelho, por mais que filmes como Butch Cassidy achem por bem dizer-nos o contrário. O Cinema Nacional parece querer trilhar um caminho no qual encontra algum romantismo nesse meio.  Além de falso não é indolor.