PINTEREST

terça-feira, 23 de fevereiro de 2010

ONDA DE CALOR

Estava parado no trânsito infernal (que é quase um pleonasmo já) naquele calor de 34 graus que fez hoje, quando fechei os olhos por uns minutos (que nada se movia mesmo) e me imaginei à beira da lagoa de Arituba... ah se eu pudesse ter me teletransportado... talvez nem voltasse mais, ou fosse passar por lá meus dias e minhas noites, apenas vindo quando não mais possível de se evitar.

IMAGEM: lagoa de Arituba by myself (rsrsrs). Um mundo de água doce a trezentos metros da praia...