PINTEREST

sábado, 13 de fevereiro de 2010

para o Carnaval...

Eu, particularmente, recomendo Museus e leituras. 
No MAM (Ibirapuera) foi aberta a expo sobre Gordon Matta-Clark (o arquiteto da destruição) cujas obras não existem mais. Você poderá ver algumas fotos e documentos, colagens do próprio Matta-Clark e depoimentos de sua viúva Jane Crawford. 
No MASP tem exposições incríveis, Grafiteiros como Titti Freak (entre outros) no subsolo (arte urbana contemporânea), Marc Chagall no primeiro andar e O ROMANTISMO no terceiro. Esta exposição, composta pelo acervo do Museu ensina, entre outras coisas, que "ao final do século XVIII, a prática da leitura difunde-se entre a burguesia. A queixa contra a leitura é que não é possível controlar o que pensa e sente a pessoa que lê. Se antes a pessoa retratada a ler era quase sempre um homem, no séc. XIX aparece, na arte, a imagem da mulher que lê. A mulher que lê é uma mulher moderna. Mas a mulher que lê sozinha num canto não estaria se entregando secretamente a excessos? A tela de Bernardelli (que reproduzo ao lado) é um tanto tardia, como memória do Romantismo e como ilustração da mulher moderna. Nem por isso é menos pertinente de uma idéia romântica".
PS1: Henrique Bernardelli (1857-1936)
PS2: kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
PS3: os quadros são lindos e valem a visita.
PS4: desde que proibiram lança-perfume, detesto carnaval!

2010, UM GRANDE ANO!

Aceitei um convite para fazer parte de um Blog coletivo. Nasceu no sul do país com o nome de "Mínimo Ajuste" e tem colaboradores inclusive d'além mar. Fiquei muito feliz e espero corresponder à altura dos demais.(coloquei na minha lista do Bem)
Ao mesmo tempo, soube que um dos meus sonhos, que é o de fazer Mestrado em História, está iniciando sua trajetória, pois fui aprovado na Faculdade de História da USP.
Outro sonho, o de publicar um livro, vem para a Rua agora em fevereiro na forma de uma singela participação no livro "Antologia de Contos Fantásticos" da Camara Brasileira de Jovens Escritores;  e até a Bienal do Livro, em agosto, pretendo ter um livro de contos só meus nas prateleiras. U!
Amigo, eu digo uma coisa: SONHE! Construa a sua realidade dentro de sua mente e sonhe um mundo para você!