PINTEREST

domingo, 21 de novembro de 2010

O que é do lápis sem a cor?

Levo lápis de cor,
seja lá aonde eu for.
Sempre chego demente...
para colorir, deixar diferente.
Abuso das leituras, faço releituras,
pensando bem, deixo pinturas.
Sagradas iluminuras,
como janelas de minh'alma,
a retratar as feminices do meu amor,
este, o que me acalma
e me cerca de humano calor...
Desta feita foi diferente,
pelo correio, o lápis foi na frente...
para ela desenhar e colorir nosso horizonte,
esse, ali defronte.

Um comentário:

Bípede Falante disse...

Que bonito e colorido :)
bj.