PINTEREST

sábado, 7 de agosto de 2010

FLIP (3º dia)

Com as duas mesas que acompanhei, já são sete as que tive oportunidade de assistir. Primeiro me embriaguei com Angela Alonso, Maria Lúcia Pallares-Burke e Alberto Costa e Silva, com mediação da super Lilia M. Schwarcz. Depois, tive uma aula de como sou, como me sinto e como sempre me senti: um de fora, que não se encaixa, não pertence, apesar de ser identificado como sendo... Uma longa estória. Mas, trata-se de William Boyd e Pauline Melville, those who never fit in.
Hoje, por outro lado, creio que tomo um porre. Afinal, consegui ingressos para 4 mesas seguidas, das 12:00 às 20:30h. Começa com Colum McCann e William Kennedy, passando por Chacal, Antônio Cícero, Ferreira Gullar, Eucanaã Ferraz, para terminar com Robert Crumb e Gilbert Shelton.
Paraty é uma festa só, gente pelas ruas, mesas pelas ruas, sem hora para terminar.
E eu me lembrei de "Fahrenheit 451" de Ray Bradbury, filmado pelo genial François Truffaut... somos todos "pessoas livro".

PS: agradeço o mais novo "selo" recebido pelo Blog e que já está devidamente postado na lateral.

Nenhum comentário: