PINTEREST

sábado, 19 de junho de 2010

UM NOVO DIA

Nasceu um lindo sábado. Não fui à Academia por não saber a qual delas ir. São tantas já as de se exercitar e ainda as há, também, para discutir designios e profecias, quando não futuros. Tomei meus remédios, aqueles que me acompanharão até o fim, e dei a passada d'olhos pelo jornal, apenas para esperar o jogo. Afinal, Copa que se preze deve ser assistida, mesmo se o time for de Liliput. Uma estranha sensação de perda paira pela casa. Os livros estão na estante, como sempre, no entanto por sabê-lo morto parecem-me mais finos ou leves, não sei. O céu porém...insiste em ser azul. Não chove, não chora. Como fazer com a alma de um ateu? Haverá padres? "Curas" para males inexistentes... Afinal era português, morava em Espanha e propôs Iberia, a fusão. Taí: fundiu-se ele próprio com o Universo e o mundo acabou de ficar mais raso (como o disse bem, Cosme Rímoli, de quem empresto a imagem - http://esportes.r7.com/blogs/cosme-rimoli/ )

2 comentários:

Paulo Amaral disse...

Tarde: Ótimo post este teu no sempre interessante blog Tardes demais. Abraço.

TARDE disse...

Obrigado.