PINTEREST

domingo, 23 de maio de 2010

MMDC

Com a morte destes quatro rapazes, a 23 de maio de 1932 na Praça da República,  precipitou-se a chamada Revolução Constitucionalista de 32 que eclodiria a 9 de julho, uma verdadeira Guerra Civil fratricida. Os paulistas sublevaram-se contra os desmandos do ditadorzinho Getúlio Vargas, exigindo a Constituição e a manutenção dos ideais da Revolução de 30. No entanto, a figura carismática e o caráter mesquinho e egoísta de Getúlio estavam mais interessados na promoção pessoal e na perpetuação no poder.

Nenhum comentário: