PINTEREST

sábado, 24 de abril de 2010

GENOCÍDIO DOS ARMÊNIOS - 95 ANOS

Gente, vamos falar de coisa séria. Pois então, hoje, vinte e quatro de abril é data nacional na Armênia. Eles lembram o genocídio dos armênios por parte dos turcos (acobertados pela primeira Guerra Mundial) em 1915. Este genocídio, que começou na noite de 24 de abril com o sequestro e assassinato de mais de seiscentos intelectuais e políticos armênios, exterminou mais de um milhão e meio de armênios e seus descendentes. Além do extermínio o evento gerou uma diáspora que espalhou armênios pelo mundo, obrigando-os a viverem como apátridas. Os turcos não reconhecem o evento como genocídio até hoje o que, convenhamos, se trata de brincar de avestruz. Minha avó materna era descendente de armênios por parte de mãe e, portanto, uma pequena parte desse sangue ainda corre aqui. Assim, não posso deixar de lembrar esse evento histórico e aproveitar para mostrar minha indignação pelo fato de que o Brasil ainda não reconheceu oficialmente o evento como Genocídio.



MAIS INFO AQUI

5 comentários:

Lucia Alfaya disse...

E há também os que não reconhecem o Holocausto durante o regime nazista de Hitler. Há pessoas de todo tipo e há também os seus seguidores. Mas estou com você, não podemos deixar que a história seja varrida para debaixo do tapete, enquanto um de nós se lembrar é preciso registrar e fazer com que outros também se lembrem, só assim será possível evitar que coisas como essas aconteçam novamente. Temos o dever de pelo menos tentar.

Tânia regina Contreiras disse...

É preciso contar e recontar a história, para que ela não siga desvirtuada e com versões inverídicas.

Saudações

Janaina Amado disse...

Este foi um dos mais brutais genocídios da história, sempre negado pelos turcos. Conheci vários armênios obrigados à diáspora. O tema é importante e atual, super oportuno.

Carlos Eduardo da Maia disse...

A família da atriz Aracy Balabanian foi vítima deste massacre e eles vieram para o Brasil por causa disso. Ela nasceu em Campo Grande-MS.

TARDE disse...

Valeu Carlos! Obrigado pela contribuição.