PINTEREST

sexta-feira, 23 de abril de 2010

The book is on the table...

Então... Povos da Floresta: Uni-vos! Brasileiros de todas as partes do país, invejem o Rio de Janeiro nesta ensolarada sexta-feira de abril: hoje é dia de São Jorge, um feriado carioca. Mas o que se faz mesmo em feriados que emendam da terça à noitinha até o “Fantástico” do domingo seguinte? Olhe, fosse eu morador da orla do corcovado, certamente teria ido ter com minha prancha lá para os lados de Saquarema já desde a sexta anterior. Certamente não ia me abalar com dois dias de trabalho perdidos entre uma segunda e uma terça. Inútil conjecturar, não moro lá... Mas, de qualquer modo, supondo-me por lá neste dia (em que por cá, os compromissos assombram) certamente tiraria o dia para poder ler Shakespeare e Cervantes, escutando Pixinguinha e Leo Jaime com caipirinha. Não deve ser fácil... admito, mas foi a única maneira de todos estes estarem na mesma frase. Efe, erre,”A”, esse, “E” = frase. Bebam, refestelem-se, comemorem pois hoje é dia Mundial do Livro e dos direitos de autor. Afinal, talvez não houvesse liberdade não fossem estas duas coisas, livro e direitos de autor... Neste singelo 23 de abril no ano de mil seiscentos e dezesseis da era de Nosso Senhor Jesus Cristo, Shakespeare e Cervantes resolveram não mais habitar este mundo. Uma data assim só podia ser homenageada pela ONU. O nascimento de Pixinguinha e de Leo Jaime é só para lembrar que este só pode ser um dia especial. Aliás, que eu saiba Shakespeare também nasceu em um 23 de abril de 1564. Agora, muito cuidado ai: se você é fotógrafo ou cineasta e foi batizado de Otto, muito, mas muito cuidado! Ottos que se metem com imagens costumam falecer neste dia. Otto Preminger e Otto Stupakoff que o digam. Nossa, quanta coisa num dia só... se soubesse que ia ser tão movimentado, não teria aceitado um convite para almoçar com o Prefeito de Araçariguama...

Nenhum comentário: