PINTEREST

terça-feira, 30 de março de 2010

PEQUENOS ASSASSINATOS

Um belo dia, o cartunista Jules Feiffer resolveu escrever uma peça de teatro. Encenada em 1967, durou apenas sete noites em N. York. Montada na Inglaterra obteve mais sucesso e no retorno à América acabou virando filme com Eliot Gould, Alan Arkin, Vincent Gardenia, Donald Sutherland e Marcia Rod. Falo de Little Murders, uma comédia dark, que poucos entenderam. Tratava do mais escuro e escondido íntimo do americano médio e antevia a sociedade violenta e escassa de recursos energéticos que vivemos hoje. Pura carne crua. Foi para as telas de cinema em 1971 e teve uma brevíssima temporada no cine Bijou (Praça Roosevelt - Sampa) em 1974/75 . Felizmente a censura só acordou depois que eu vi. Consegui uma DVD pela Amazon.com e me deliciei em rever esta obra prima de crítica atualíssima e mordaz.

Nenhum comentário: