PINTEREST

domingo, 17 de janeiro de 2010

VÍCIO FRENÉTICO

Pois fui ver “Vício Frenético”. Segundo me consta, é uma refilmagem, com título igual do original de 1992 de Abel Ferrara. Esta pode ser uma das raras exceções em que a refilmagem supera o original, afinal aqui se trata de um filme de Werner Herzog (Aguirre- A Cólera dos Deuses , Fitzcarraldo e Nosferatu). A atuação de Nicolas Cage é inspirada em Klaus Kinski e, talvez até por isso, bastante alucinada. Ao mesmo tempo sua postura vai se transformando ao longo do filme de modo que o espectador sente a dor do personagem. História clássica com policial corrupto, namorada prostituta que na mão de Herzog se transforma em épico urbano-lisérgico com iguanas e crocodilos testemunhando seus pontos de vista. Será que os peixes sonham? Fiquei sem saber, mas certamente o policial poderoso articula seu destino de forma proveitosa e na mistura frenética de Werner Herzog o “Bem” amalgama-se com o “Mal”... A Polícia norte americana não deve gostar deste espelho.

Um comentário:

Gláuber disse...

What a hell of a text!
Congratulations!