PINTEREST

domingo, 6 de dezembro de 2009

CADILLAC RECORDS

Esse é o filme para quem gosta de viajar no tempo, relaxar, escutar música; conhecer história, história da música, viver com paixão, ver boa fotografia, sentir amor, trabalar com amor e saber de uma fofoca vez por outra... além de denuncias sobre discriminação racial e violência policial. Credo! Tudo isso? Sim, coisa de louco, mas além de os personagens retratados terem sido seres iluminados, com aquilo virado pra lua, o Universo os juntou nos anos cinqüenta em Chicago. Algo para se refletir. Todo caso, uma figura chamada Leonard Chess, resolveu montar uma gravadora e começou esta empreitada, nada mais nada menos, do que com Muddy Waters. Depois vieram Little Walter, Willie Dixon, Howlin Wolf, Chuck Berry e Etta James. Sobreviver a isso? Só enfartando! No filme ainda aparecem os Stones, Elvis e todos aqueles que beberam na fonte do bom e velho Blues. Aqui se conta o nascimento do Rock e as entranhas do Blues. No final, na base do letreiro, vem a fofocaiada de quem processou quem, por direitos autorais etc e tal. Muito bem fotografado e com esplêndidas atuações, principalmente de Beyoncé Knowles (Etta James), Jeffrey Wright (Muddy) e Adrien Brody (Chess). Apesar de que Columbus Short (Walter), Eamonn Walker (Wolf) e Mos Def (Chuck) devem ser observados em detalhe. Em resumo: para quem gosta de boa música esse é o filme. Não deixe de ver.

PS: o boteco chamava Chess Records, mas de tanto eles gostarem de Cadillac por lá...

Nenhum comentário: