PINTEREST

sexta-feira, 30 de outubro de 2009

POLÍCIA, ADJETIVO



De Corneliu Porumboiu não vou falar. É diretor premiado, conhecido e eu não sou de jogar arroz. Vou falar do filme que tive a oportunidade de ver graças à 33ª Mostra de cinema em Sampa. O título você só entende quase ao final do filme, quando o Chefe de Polícia manda o detetive Cristi ler algumas definições em um dicionário. O filme se passa na Romênia atual, um país a procura de uma identidade pós-comunista, sem dinheiro e ainda com um pé na lama. A polícia retratada, tanto quanto a repartição que frenquantamos junto com ela, é lerda, inoperante, corrupta e desaparelhada. Basta dizer que o computador da repartição é tão eficiente que o personagem principal escreve seus relatórios à mão. Os planos de câmera usados por Corneliu são lentos, parados até... e de um tempo quase infinito. Em duas horas de filme passam-se 4 dias, cinco no máximo. Assiste-se quase em "real time", de modo que a pasmaceira advinda da incompetência e do despreparo, passa para o espectador. Você sente na pele que a máquina deles não funciona. A outrora temida polícia de Ceauşescu, a Securitate, hoje é um nada, inoperante e sem recursos. Neste clima incrívelmente bem exposto, o personagem principal, um detetive de nome Cristi, resolve pensar. Ao exercitar sua massa cinzenta questiona a utilidade de se prender um reles usuário de maconha, denunciado por um suposto amigo. Tendo ido ao exterior, Cristi entende que a Lei que o obriga a agir pode estar com seus dias contados. Ao expor suas idéias a um superior, no entanto, Cristi é confrontado, humilhado e colocado contra a parede: ou faz o flagrante ou sai da polícia... A cena final é impagável ao nos expor a estratégia do flagrante. Quase uma tragicomédia. Eu, particularmente, espero muitos prêmios para este filme, que além de contar bem uma história expõe as mazelas e o dia a dia das ruinas romenas que emergiram do Estado Policial montado pelo regime ditatorial de Nicolae Ceauşescu que perdurou quase 25 anos.

2 comentários:

Lela disse...

ShoW seu blog, muitossssssss assuntos ligados ao meu interesse... Não deixarei meu OLHAR se perder dele, jä me fiz seguidora... Convido você a Visitar e, se gostar, seguir o meu OLHAR também.


http://meuolharantropofagico.blogspot.com

Um abraço

Valéria Valério

cheguei demasiado TARDE disse...

Obrigado pelo apoio.